Feeds:
Posts
Comentários

Atualização de Status…

Oi,

Faz um tempinho que não atulizo o status… então aqui vai um update dos últimos meses:

  1. Nosso projeto negócio familiar decolou… Gurts Frozen Yogurt – www.gurts.com.br foi um trabalho árduo, mas delicioso de implantar… literalmente (dá água na boca só de lembrar o meu Frozen favorito, Jabuticaba – claro que já comi jabuticaba mais recentemente, mas pra mim tem um sabor de infãncia, me faz lembrar uma época bastante remota no sítio do pastor Murilo da PIB – BH onde íamos com sua rural e ficávamos em volta do pé de jabuticaba comendo essa frutinha deliciosa até cansar… mas o Frozen Yogurt de Jabuticaba é a evolução deste cenário, com o mesmo sabor e com mais conforto e qualidade, além de ser super-saudável com zero gordura). Estamos há 4 meses operando a primeira loja e estamos muito entusiasmados com a possibilidade de expandir com outras lojas e eventualmente franquias… Minha mulher, Silvana e meu filho, Daniel estão cuidando da loja com uma dedicação impressionante – eles realmente se apaixonaram pelo negócio e tem sido instumentais nesta fase inicial. Contamos com a ajuda de ótimas pessoas que completam o nosso quadro de talentos humanos: são 5 colaboradores – Adriana, Gilce, Pablo, Rodrigo e Vinícius.
  2. Depois de uma temporada em Floripa para ajudar no projeto de implantação da Gurts, eu retomei meu curso do MBA (que interrompi em Outubro/2010 para me dedicar ao negócio familiar) – mas estou sempre indo e vindo para manter um apoio administrativo, às vezes remotamente e a cada 15-20 dias espero estar presente para contribuir com a operação.
  3. Também estou retomando os contatos e networking no mercado, visando recolocação para um trabalho na área de TI, que é realmente a minha paixão.

É isso por enquanto… depois conto mais.

Abraços!!!

J.Augusto

Anúncios

GSA Lideranças Executivas

Agradeço de coração o convite da Emi Tanaka, do Instituto Elos, para participar do programa “GSA Lideranças Executivas” – mas infelizmente tenho que declinar. Não poderia estar presente em dois lugares ao mesmo tempo e não posso deixar de lado o projeto atual, no qual já estou totalmente comprometido (startup da Gurts Frozen Yogurt), que entrou agora na fase de implantação aqui em Floripa… e estará a pleno vapor em Janeiro – no pico de execução demandando toda a minha atenção e foco, enquanto o programa estará acontecendo em Santos.

Tenho absoluta certeza que o GSA Lideranças Executivas será um sucesso, compartilho os ideais e valores do GSA 2011, só lamento não poder participar desta experiência no momento. Fica para uma próxima oportunidade.

Desejo boa sorte aos jovens Guerreiros e Líderes Executivos do mundo que estarão participando de forma integral de corpo, alma, corações e mentes presentes em Santos!

Abraços do amigo, João Augusto.

Obrigado aos guerreiros, familiares e amigos que me inspiraram nesta jornada. Apesar de ter sido selecionado, em conversa com o Rodrigo do Instituto Elos, reavaliamos a situação e concluí que não poderia me dedicar como gostaria porque esse não seria o meu foco no momento… Existem outras necessidades mais importantes e prioritárias. 

Estou considerando um convite sobre a possibilidade de participar do projeto apenas na semana dos líderes, que será na semana do feriado de 25 de Janeiro de 2011… Surgiu a idéia de ser uma espécie de Embaixador do GSA – vamos ver como posso ajudar para trazer mais líderes para participar do projeto durante esta semana.

Gostaria muito de atualizar o blog mais frequentemente com informações sobre a continuidade das atitudes iniciadas na trilha dos guerreiros – porque afinal, independente do jogo para participar do GSA, vamos seguir na luta para ajudar na transformação do nosso planeta em um mundo melhor… mesmo que seja com pequenas ações.  Também espero trabalhar como voluntário em outras frentes e projetos avulsos, que não requeiram dedicação integral e nem deslocamentos – tenho certeza que aqui mesmo na cidade de São Paulo posso ajudar comunidades carentes.

Prometo mais posts… em breve. 

Valeu galera!

Aproveitando o embalo da tarefa 5, para finalizar o jogo dentro do prazo vou postar a tarefa 6 que é uma avaliação da minha atuação no jogo.

Acho que foi muito positivo o sentimento que tive com o jogo – foi uma satisfação muito grande ver o efeito em mim e nas pessoas que passaram a me motivar mais ainda e também se inspiraram nas minhas atitudes, se interessando e até se comprometendo com os mesmos ideais.

Ponto negativo – o fato de não poder me dedicar integralmente ao projeto devido a uma série de compromissos já assumidos anteriormente.

Mas o balanço geral foi ótimo – exceto os atrasos com os prazos oficialmente estipulados para cumprir cada tarefa…  Vamos lá, continuemos nessa luta somando esforços com os Guerreiros Sem Armas 2011. Valeu a pena!!!

Para completar a tarefa 6, quero deixar aqui um vídeo (em inglês), que mostra um exemplo fantástico de vida pública e política – trata-se da prefeita da cidade de Mississauga no Canadá – o nome dela é Hazel MacCallion e graças a ela a cidade tem deficit zero.

Vejam que energia essa vetarana, com 31  anos na prefeitura – e pasmem, ela tem 88 anos de idade e é super ativa e divertida:

Que sirva de exemplo para os nossos politicos e para cada um de nós.

FIM de um ciclo… até o próximo ciclo!

Sorry… fiquei atrasado com essa tarefa porque tive que dar prioridade a outros assuntos profissionais e acadêmicos, mas hoje finalmente pude dedicar um bom tempo ao Projeto GSA e consegui finalizar a tarefa 5 para gerar a transformação na comunidade do nosso condomínio – ainda que sejam pequenas atitudes em cada um, espero que o resultado coletivo desta ação tenha um impacto muito positivo para todos.

Abaixo anexo algumas fotos do trabalho de publicação nos murais do condomínio, do material da campanha para redução do consumo de água, com dicas de como economizar água no banheiro, na cozinha, na lavanderia e nas torneiras em geral.

Preparei esse material com a colaboração do site do Programa de Uso Racional da Água – PURA – da USP. Encontrei outras fontes com muito material sobre esse assunto, mas que iriam requerer mídia digital para ser usado de forma prática na campanha – para exibir os vídeos, por exemplo. A seguir anexei dois desses vídeos que achei – o primeiro é um divertido clip com a Turma da Mônica sobre a importância de economizar água.

O segundo é um vídeo da National Geographic, exatamente com dicas práticas de economia de água – com a participação do Ricardo Chahin, gestor do PURA:

Até o próximo post…

A idéia da campanha estará sendo implantada de imediato, pois independe de qualquer aprovação em assembléia. As outras idéias serão discutidas oportunamente no futuro.

Fizemos o levantamento das informações de custo do consumo de água coletivo de todo o conndomínio e o rateio por apartamento (são 48 em cada edifício, portanto 96 apartamentos no total) – para simplificar fizemos uma simples divisão do total pelo número de apartamentos.

Consideramos um histórico de Dezembro de 2007 até Fevereiro de 2010 – observamos um mês com consumo atípico, devido a um problema com vazamento que foi corrigido na ocasião, conforme gráficos ilustrados a seguir:

O plano é anexar algumas informações buscando a participação de todos no uso racional da água e fixando objetivo de redução no consumo, publicando isso nos murais dos edifícios e obtendo feedbacks para melhorias contínuas.

Vamos convocar uma reunião para tratar da avaliação das outras idéias e verificar a possibilidade de implanta-las em breve.

Para me auxiliar neste trabalho, obtive apoio de outros moradores com quem conversei e contei com a participação efetiva do síndico do nosso condomínio, Sr. Pedro, e também do zelador, Sr. José Elias.

Por hoje é só… até a próxima tarefa.

A tarefa 3 do jogo parecia que ia dar muito trabalho… Identificar uma idéia e mostrar como ela seria implantada… Uma coisa que pudesse ser melhorada, em uma comunidade da qual faço parte… Inicialmente não conseguia pensar em nada, a não ser numa horta comunitária… que não deixa de ser legal.    

Mas eis que de repente, Eureka! Uma outra idéia apareceu naturalmente, com mais força… Estive conversando com algumas pessoas aqui no prédio (tipo brainstorm mesmo) e um dos maiores problemas que identificamos foi o consumo elevado de água… que é uma despesa alta do condomínio – então, porque não construir um poço artesiano? Temos exemplos de outros condomínios no nosso bairro, que já fizeram isso e deu certo.    

Na carona desta, veio uma segunda idéia: captar e aproveitar a água da chuva. Isso é legal, mas também requer obras que podem custar muito.    

Em paralelo, uma terceira idéia correndo por fora, foi tomando corpo, por ser mais simples e barata de implantar: criar uma campanha conscientizando todos quanto à questão da redução do consumo e uso racional da água – claro que o ideal mesmo seria implantar um sistema com medidores individuais do consumo de água por apartamento, pois isso possibilitaria a geração de conta de água para cada habitação, deixando de ser uma despesa do condomínio (também haveria uma conta do condomínio, mas apenas pelo consumo nas áreas comuns). Esse é um projeto para médio prazo, uma vez que para instalar o sistema de medição individualizada o custo de adequação e manutenção é por conta do condomínio – de qualquer forma, vamos levantar esses custos e verificar a viabilidade para avançar com essa idéia.    

Portanto, na prática a parte que achei mais simples de fazer foi a campanha de conscientização, até porque considerando que a próxima tarefa do jogo é exatamente executar a idéia selecionada, temos que nos manter proativos e pragmáticos – então pensei em fazer assim: 

  • Para começar vamos realizar o rateio do valor global da conta de água do condomínio pelo número de unidades habitacionais – ou seja, com isso vamos demonstrar claramente a parte de cada apartamento neste volume de água consumido e quanto isso está custando no bolso de cada condômino, para sensibiliza-los onde mais dói;
  • Vamos publicar junto com as informações de volume e custo rateados, algumas dicas práticas de como pode ser reduzido nosso consumo de água atual, com o apoio da própria companhia de água e saneamento de São Paulo, Sabesp, através do Programa de Uso Racional da Água – PURA e outras iniciativas.
  • Por fim vamos monitorar os resultados até alcançarmos uma redução de 30% no consumo de água, publicando um gráfico para acompanhar este placar de forma fácil de visualizar, desta forma espero obter o engajamento e comprometimento de todos até atingir nossa meta.

 Posteriormente vamos conversar com mais pessoas e levar adiante os estudos para implantar, se não todas essas idéias, pelo menos duas delas – a campanha de conscientização para gerar economia, que comentei acima junto com o sistema individualizado de medição no médio prazo – e também o poço artesiano: num prazo mas longo, já que requer um projeto maior com autorização legal e seguindo normas do DAAE e licença da Sabesp, além de ter que passar pela aprovação dos condôminos em assembléia. Mas isso seria viabilizado com um investimento que se pagaria com a economia gerada em menos de um ano. A economia que o condomínio teria com a utilização do poço artesiano, por exemplo, foi estimada em 70%, de acordo com o histórico que levantamos de projetos semelhantes no bairro.  Verificamos também a possibilidade de realizar essa obra no jardim do prédio, ocupando uma área de apenas um metro quadrado deste espaço, mostrado na foto abaixo.   

Local onde será perfurado um poço artesiano

Mais algumas curiosidades obtidas no site da SABESP:    

  • 1/5 de toda água doce do planeta Terra encontra-se no Brasil. Em apenas um dos reservatórios subterrâneos encontrados na região Nordeste do país, é possível encontrar 18.000 km³ de água para o abastecimento humano. Isso seria suficiente para abastecer a população brasileira atual por, no mínimo, 60 anos.
  •  O Brasil possui uma reserva subterrânea com mais de 111.000 km³ de água.
  • O litro de água retirada de um poço custa 15 vezes menos do que o litro de água retirada de fontes superficiais, como os rios, por exemplo.

Por hoje é só… até o próximo post… continuemos na luta!